Migalhas.com publica artigo do Dr. Rubens Tilkian – Instituto Vertus

Mediação é citada como uma alternativa para resolução de conflitos nos tempos atuais de recessão econômica e pandemia.

Em seu artigo, o Dr. Rubens Tilkian cita também o diferencial da Mediação em relação ao processo judicial. “A Justiça resolve em anos o processo, mas não o conflito e, em momentos como esse, o que mais importa é termos as necessidades dos clientes atendidas e sanadas com a maior brevidade possível. A missão deve ser estancar o problema e não o eternizar.”

Leia o artigo completo clicando aqui.

Rubens Decoussau Tilkian é advogado, sócio fundador de Decoussau Tilkian Advogados, sócio fundador de Instituto Vertus, responsável por mais de 70 mil acordos realizados em mediação, nas mais diversas áreas do Direito. Instrutor em curso de capacitação e formação de mediadores. Autor do livro Comentários à Lei de Mediação.

Advogados formam grupo de fomento à mediação e conciliação

Idealizado em conjunto com o Instituto Vertus, grupo é uma iniciativa para salvar as relações obrigacionais afetadas pela crise da COVID-19.

Como iniciativa para salvar as relações obrigacionais afetadas pela crise da COVID-19, advogados se reúnem em grupo de fomento à mediação e à conciliação. O incentivo à resolução dos conflitos que tenham origem na pandemia é pensado como resposta imediata aos jurisdicionados nesse período em que a espera pela tutela jurisdicional do conflito pode ser desastrosa para muitas pessoas jurídicas e físicas, se considerado o tempo para o julgamento das questões que arvoram nesse cenário. O projeto foi idealizado em conjunto com o Instituto Vertus.

As relações devem ser preservadas, e a melhor ferramenta neste momento é o diálogo. Num futuro próximo, tudo passará, e em vez de discussões judiciais intermináveis, ganharão força as relações que foram mantidas pelo tratamento adequado dos impasses surgidos nesse período da pandemia.

A proposta é que os advogados do grupo atuem como catalisadores de casos de alta e baixa complexidade (incluindo aí atuação pro bono dentro das regras aplicáveis), desafogando o Judiciário, trazendo economia para jurisdição e jurisdicionados. É defender a renegociação dos negócios jurídicos como efetivo direito das partes.

Assim, além de incentivar o uso da mediação e da conciliação, o grupo também propõe às empresas um trabalho estratégico de redução efetiva do passivo judicial, valendo-se sempre das mais consagradas técnicas de negociação. Com tais medidas, o objetivo é contribuir com o Judiciário, reduzindo o número de demandas, e principalmente com os jurisdicionados, inclusive aqueles que são beneficiários da justiça gratuita, oferecendo uma alternativa mais eficaz e célere de solução dos conflitos.

Confira os nomes que participam do projeto:

Aluízio José de Almeida Cherubini

Ana Tereza Basílio

Anita Pissolito Campos

André Ribeiro Dantas

Antonio Corrêa Meyer

Antonio Tavares Paes Jr.

Caio Cesar Rocha

Eduardo Vieira de Almeida

Fernanda Medina Pantoja

Fernando Anselmo Rodrigues

Fernando Crespo Queiroz Neves

Fernando Jacob Netto

Gilberto Giusti

João Grandino Rodas

Mariana Lopes da Cruz

Maria Cristina Corrêa de Carvalho Junqueira

Mauro Luciano Hauschild

Paulo Henrique dos Santos Lucon

Rennan Faria Kruger Thamay

Rosane Pereira dos Santos

Rubens Decoussau Tilkian

Rui Celso Reali Fragoso

Vamilson José Costa

Vanderci Álvares

Fonte: Migalhas

Palestras: Honorários do Advogado na Mediação

Rubens Tilkian, Fundador do Instituto Vertus e Vice-Presidente da Comissão Especial de Mediação, apresenta uma palestra em conjunto dos palestrantes Dr Leandro Rennó; Dra. Vera Cecília Monteiro de Barros e Dr. Marco Antonio Lorencini, sobre os Honorários do Advogado na Mediação, buscando trazer a conscientização dos advogados sobre a importância da mediação no contexto atual da sociedade e a importância que se deve dar a este tema.

Veja a palestra na íntegra:

Mediação do Instituto Vertus na imprensa

Em reportagem publicada no portal R7, Rubens Decoussau Tilkian, fundador e mediador do Instituto Vertus, explica que o objetivo da Vertus é “promover a resolução de conflitos, por meio da mediação, em casos pontuais e estratégicos”, além de dizer que os métodos do Instituto fazem com que as pessoas envolvidas em conflitos sejam “empoderadas do seu verdadeiro querer, independentemente do litígio que as envolve, a fim de que estejam aptas a tomar as melhores decisões de sua vida, evitando que terceiros decidam por elas”.

 

Clique na imagem e leia a entrevista completa!

Instituto Vertus de Mediação

 

 

Rubens Tilkian participa do programa Gestão & Foco com Sulivan França

Rubens Tilkian, fundador do Instituto Vertus participa do programa Foco & Gestão com Sulivan França da Record News, dando uma entrevista sobre a mediação de conflitos. Rubens trás à entrevista tópicos como: o que é mediação; a diferença entre mediação e conciliação; quem pode ser mediador; se a mediação poderia ou não ser instrumento usado na Operação Lava-Jato, entre outros.

Confira a entrevista na íntegra:

Rubens Tilkian regressa na OAB/SP como Vice-Presidente da Comissão Especial de Mediação

Dr. Rubens Tilkian regressa na OAB/SP como Vice-Presidente da Comissão Especial de Mediação. Evento que contou com a presença de inúmeras autoridades, que ressaltaram a importância da Mediação no cenário nacional. Entre os presentes: Dr. Fabio Romeu Canton Filho, Vice-Presidente da OAB/SP, Dra. Daldice Santana, Conselheira do CNJ, Dr. José Carlos Ferreira Alves, Desembargador do TJSP, coordenador NUPEMEC, Dr. Ricardo Pereira Jr., Juiz de Direito, coordenador Geral do CEJUSC, Dra. Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho,Conselheira Secional e Presidente da Comissão de Relações Institucionais da OAB, Dr. Arnoldo Wald Filho, Conselheiro Federal e Presidente da Comissão de Mediação do Conselho Federal, Dra. Marina Gaensly Blattner, Presidente da Comissão de Mediação da OAB/SP, Dr. Andre Gomma, Juiz de Direito da Bahia e Dr. Luiz Vianna, Presidente da OAB/BA.

 

Instituto de mediação cria projeto preventivo de conflitos

Apresentação

Em entrevista à TV Migalhas, o presidente do Instituto Vertus, Rubens Tilkian apresenta o novo projeto da câmara de mediação, o “Roteiro de nossas vidas”. Principalmente idealizado para evitar conflitos, o projeto traça um plano preventivo, em que as partes envolvidas se antecipam a futuras lides e ficam precavidas de como reagir caso ocorra algum problema.

 

“Nossa experiência do dia-a-dia mostrou que seria imprescindível uma ferramenta no mercado hoje para que as partes pudessem dialogar sobre assuntos difíceis antes de estarem inseridas no conflito.” Afirma Rubens Tilkian, em sua entrevista.

 

Veja a entrevista neste link.

 

A solução

O projeto foi criado após a experiência do Instituto, sobretudo na área da família. Mas depois de anos resolvendo conflitos, os mediadores perceberam que muitas discussões que geraram o divórcio poderiam ser evitadas. Simplesmente se houvesse uma preparação para o casamento; um alinhamento das expectativas das partes. Prepará-las para um relacionamento saudável, evitaria a degradação da vida conjugal.

 

Mas os benefícios da metodologia vão muito além da área da família. Pois o método pode ser também aplicado a empresas e sócios preocupados em proporcionar um ambiente de trabalho harmonioso.

 

Conclusão

Com as expectativas alinhadas, há a prevenção de grandes conflitos entre seus colaboradores, garantindo uma boa relação com seus pares (reuniões de sócios ou assembleias), possibilitando manter as expectativas empresariais e pessoais de cada um em relação ao projeto devidamente atualizadas, evitando muitas vezes o litígio societário que, em último pano, acaba por prejudicar a própria continuidade da empresa. Pode-se imaginar, inclusive, a magnitude desses conflitos societários em empresas familiares, em que o grau de emocionalidade extrapola o razoável.

 

Confira nossa matéria no site Migalhas

 

Novo projeto vai mudar a forma com que as pessoas se relacionam nos casamentos

Há quem ainda acredite que o casamento é a solução para todos os problemas vividos pelos casais. Ou seja, bastaria casar-se para que as desavenças fossem embora. Ledo engano.

 

O problema

O número de divórcios, segundo estudos do Governo Federal, aumentou 160% nos últimos 10 anos no Brasil. Surpreendentemente, os casamentos no país não duram mais do que 15 anos. Se antes as relações eram para a vida toda, hoje os cônjuges se separam por volta dos 40 anos, num cenário em que não conseguem juntos sequer assistir aos filhos atingirem a maioridade. Há algo mais preocupante: muitos desses casamentos acabam em verdadeiras guerras judiciais recheadas de ódio e vingança que, muitas vezes, perduram mais tempo do que a própria relação matrimonial e fulminam o patrimônio familiar.

 

As alterações legislativas flexibilizam cada vez mais o caminho para se encerrar um casamento. Anteriormente eram necessários dois anos para pedir o divórcio direto. Atualmente pode ser requerido a qualquer momento perante um Tabelião de Notas, desde que o casal esteja de acordo. Casa-se hoje e, se preciso, separa-se amanhã. Uma triste realidade quando estão em jogo os valores da família.

 

Nossa metodologia

O Instituto Vertus de Mediação e Resolução de Conflitos desenvolveu uma metodologia que visa contribuir com as famílias. Primeiramente para prepará-las para o matrimônio e, segundo e consequentemente, evitar essa preocupante degradação da vida conjugal. O projeto nominado “O Roteiro de Nossas Vidas” é destinado a todos aqueles que pretendem se casar ou conviver em união estável.

 

Portanto depois de muitos anos resolvendo conflitos familiares, o Instituto Vertus atua com a missão de alinhar as expectativas do casal e prepará-lo para o relacionamento.

 

Conclusão

Obter consciência de que as pessoas não podem depositar nas outras suas próprias expectativas. Ou nem mesmo têm o poder de mudar o outro, são medidas fundamentais para que o relacionamento dê certo. Assim, podemos ser roteiristas de nossas vidas desde que os personagens que incluímos em nossas histórias estejam devidamente cientes e preparados para contracenar em seus respectivos papéis. Do contrário, direcionará para um falso sentimento de frustração e rejeição, alimentado pelo nosso pré-julgamento destrutivo e inconsciente.

 

Entre em contato conosco e saiba mais sobre esse método de trabalho dinâmico e inovador, que tem como objetivo preparar o casal para o relacionamento a dois e tornar a vida conjugal mais harmônica, verdadeira e duradoura.

Portaria OAB

O advogado Rubens Decoussau Tilkian, do escritório Decoussau Tilkian Advogados, foi nomeado vice-presidente da Comissão Especial de Mediação da OAB/SP para o biênio 2017/18. A notícia foi publicada como notinha no informativo do dia 06 de março de 2017.

Confira no link.