Rubens Decoussau Tilkian

Fundador do Instituto Vertus de Mediação
Atuação como Mediador e no desenvolvimento de cursos e treinamentos.

 

Advogado, Bacharel em Direito pelas Faculdades Metropolinas Unidas. Especialista em Direito Societário (LL.M. – Masters of Law) pelo INSPER, instituição de ensino credenciada pela AACSB International – The Association to Advance Collegiate Schools of Business, a mais reputada entidade de certificação de escolas de negócios no mundo. Experiência nacional em renomados escritórios de advocacia, como Manuel Alceu Affonso Ferreira Advogados (1998/1999) e Wald Advogados Associados (2002/2005), tendo atuado durante dois anos (2000/2001) nos Estados Unidos da América, no escritório Bander, Fox-Isicoff & Associates, em Miami, Flórida. Sócio de Decoussau Tilkian Advogados desde 2011.

 

Vice-Presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção de São Paulo. Ex-Diretor Jurídico do Conselho Comunitário de Segurança do Itaim-bibi. Master Coach pela SLAC – Sociedade Latinoamericana de Coaching, com certificado reconhecido pela International Association of Coaching, órgão que regulamenta o uso e a prática de coaching nos Estados Unidos. É também Analista Comportamental pela Inscape Publishing Inc., empresa americana pioneira em ferramentas de Análise Comportamental. Mediador pelo Centro de Mediaciones Privadas de Buenos Aires, atuando extrajudicialmente desde 1998.

Vanderci Álvares

Trabalhando como mediador e ministrando cursos e sessões de treinamento.
Juiz aposentado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, onde participou da 25ª Câmara de Direito Privado e do Órgão Especial (maio de 2013 a maio de 2015). Indicado pela primeira vez para São Paulo em 1978. Presidiu a 5ª Competição de Contratação de Funcionários Extrajudiciais. Coordenador do Núcleo Permanente de Métodos de Resolução de Litígios Consensuais do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo de 2012 a 2013.

Advogado de 1972 a 1977. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito da Instituição Toledo. Certificado de especialista em direito processual civil e direito público pela Escola Paulista da Magistratura (EPM).

Migalhas.com publica artigo do Dr. Rubens Tilkian – Instituto Vertus

Mediação é citada como uma alternativa para resolução de conflitos nos tempos atuais de recessão econômica e pandemia.

Em seu artigo, o Dr. Rubens Tilkian cita também o diferencial da Mediação em relação ao processo judicial. “A Justiça resolve em anos o processo, mas não o conflito e, em momentos como esse, o que mais importa é termos as necessidades dos clientes atendidas e sanadas com a maior brevidade possível. A missão deve ser estancar o problema e não o eternizar.”

Leia o artigo completo clicando aqui.

Rubens Decoussau Tilkian é advogado, sócio fundador de Decoussau Tilkian Advogados, sócio fundador de Instituto Vertus, responsável por mais de 70 mil acordos realizados em mediação, nas mais diversas áreas do Direito. Instrutor em curso de capacitação e formação de mediadores. Autor do livro Comentários à Lei de Mediação.

Advogados formam grupo de fomento à mediação e conciliação

Idealizado em conjunto com o Instituto Vertus, grupo é uma iniciativa para salvar as relações obrigacionais afetadas pela crise da COVID-19.

Como iniciativa para salvar as relações obrigacionais afetadas pela crise da COVID-19, advogados se reúnem em grupo de fomento à mediação e à conciliação. O incentivo à resolução dos conflitos que tenham origem na pandemia é pensado como resposta imediata aos jurisdicionados nesse período em que a espera pela tutela jurisdicional do conflito pode ser desastrosa para muitas pessoas jurídicas e físicas, se considerado o tempo para o julgamento das questões que arvoram nesse cenário. O projeto foi idealizado em conjunto com o Instituto Vertus.

As relações devem ser preservadas, e a melhor ferramenta neste momento é o diálogo. Num futuro próximo, tudo passará, e em vez de discussões judiciais intermináveis, ganharão força as relações que foram mantidas pelo tratamento adequado dos impasses surgidos nesse período da pandemia.

A proposta é que os advogados do grupo atuem como catalisadores de casos de alta e baixa complexidade (incluindo aí atuação pro bono dentro das regras aplicáveis), desafogando o Judiciário, trazendo economia para jurisdição e jurisdicionados. É defender a renegociação dos negócios jurídicos como efetivo direito das partes.

Assim, além de incentivar o uso da mediação e da conciliação, o grupo também propõe às empresas um trabalho estratégico de redução efetiva do passivo judicial, valendo-se sempre das mais consagradas técnicas de negociação. Com tais medidas, o objetivo é contribuir com o Judiciário, reduzindo o número de demandas, e principalmente com os jurisdicionados, inclusive aqueles que são beneficiários da justiça gratuita, oferecendo uma alternativa mais eficaz e célere de solução dos conflitos.

Confira os nomes que participam do projeto:

Aluízio José de Almeida Cherubini

Ana Tereza Basílio

Anita Pissolito Campos

André Ribeiro Dantas

Antonio Corrêa Meyer

Antonio Tavares Paes Jr.

Caio Cesar Rocha

Eduardo Vieira de Almeida

Fernanda Medina Pantoja

Fernando Anselmo Rodrigues

Fernando Crespo Queiroz Neves

Fernando Jacob Netto

Gilberto Giusti

João Grandino Rodas

Mariana Lopes da Cruz

Maria Cristina Corrêa de Carvalho Junqueira

Mauro Luciano Hauschild

Paulo Henrique dos Santos Lucon

Rennan Faria Kruger Thamay

Rosane Pereira dos Santos

Rubens Decoussau Tilkian

Rui Celso Reali Fragoso

Vamilson José Costa

Vanderci Álvares

Fonte: Migalhas

Ana Maria Perruzzetto Franco de Almeida

Graduação acadêmica pela Faculdade FMU – Faculdade Metropolitanas Unidas no ano de 1993. Advogada formada há 25 anos. Áreas de atuação: Direito Civil, incluindo Direito Imobiliário, Direito de Família, Direito do Consumidor, Direito Empresarial. Direito do Trabalho. Especialização em Direito Civil e Processual Civil pela EPD – Escola Paulista de Direito no ano de 2007. Experiência como Professora Universitária Direito Comercial e Empresarial –  Centro Universitário Anhanguera no ano de 2015. Capacitada como conciliadora/mediadora nos moldes da Res.125/2010 pela ESA – Escola Superior da Advocacia no ano de 2014.Pós graduada em Métodos Alternativos de Solução de Conflitos pela EPM – Escola Paulista da Magistratura no ano de 2019. Conciliadora perante a Vara do Juizado Especial Cível no Foro Regional do Jabaquara/SP, desde setembro de 2014.Conclusão do Curso de Coaching em Grupo – Programa Tome as Rédeas da sua Vida e Seja o Autor da sua História,em 16 de dezembro de 2017. Abordagem da Psicologia Positiva que traz o amadurecimento da Inteligência Emocional, otimizando a qualidade do profissional, inclusive para a tomada de decisões e resolução de conflitos.

André Benatti Teixeira

Bacharel em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Pós-Graduado em Marketing e Comunicação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mediador e Conciliador capacitado pela Faculdade Legale. Experiência jurídica na área civil e conciliador junto ao Fórum Regional do Butantã.

Instituto de mediação cria projeto preventivo de conflitos

 

Em entrevista à TV Migalhas, o presidente do Instituto VertusRubens Tilkian apresenta o novo projeto da câmara de mediação, o “Roteiro de nossas vidas”. Idealizado para evitar conflitos, o projeto traça um plano preventivo, em que as partes envolvidas se antecipam a futuras lides e ficam  precavidas de como reagir caso ocorra algum problema.

“Nossa experiência do dia-a-dia mostrou que seria imprescindível uma ferramenta no mercado hoje para que as partes pudessem dialogar sobre assuntos difíceis antes de estarem inseridas no conflito.”

O projeto foi criado após a experiência do Instituto, sobretudo na área da família. Depois de anos resolvendo conflitos, os mediadores perceberam que muitas discussões que geraram o divórcio poderiam ser evitadas se houvesse uma preparação para o casamento; um alinhamento das expectativas das partes. Prepará-las para um relacionamento saudável, evitaria a degradação da vida conjugal. 

Mas os benefícios da metodologia vão muito além da área da família. O método pode ser também aplicado a empresas e sócios preocupados em proporcionar um ambiente de trabalho harmonioso. 

Com as expectativas alinhadas, há a prevenção de grandes conflitos entre seus colaboradores, garantindo uma boa relação com seus pares (reuniões de sócios ou assembleias), possibilitando manter as expectativas empresariais e pessoais de cada um em relação ao projeto devidamente atualizadas, evitando muitas vezes o litígio societário que, em último pano, acaba por prejudicar a própria continuidade da empresa. Pode-se imaginar, inclusive, a magnitude desses conflitos societários em empresas familiares, em que o grau de emocionalidade extrapola o razoável.

Fonte: Migalhas

Aurea Lúcia Antunes Salvatore

Graduada pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, atuou como advogada junto ao Departamento Jurídico do Banco Brasileiro de Descontos S/A – BRADESCO (1984/1989); ingressou para a carreira de PROCURADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO onde exerceu relevantes funções junto à Procuradoria Fiscal do Estado de São Paulo até o ano de 2016, quando se aposentou. Capacitada em mediação e conciliação pelo Instituto dos Advogados de São Paulo e é pós-graduada no curso “ Especialização em métodos alternativos de soluções de controvérsias“, da Escola Paulista da Magistratura – EPM, conclusão em Dezembro de 2017. Atua como conciliadora e mediadora, junto ao CEJUSC’S do Fórum Regional do Butantã 2ª Vara da Família, Fórum Regional de Santo Amaro e 3ª Vara da Família do Fórum Central de São Paulo.